1 comentário

Em algum lugar do passado eu já tomei sacolé

31722585_d60ce050afNão sei se acontece com você, mas já se juntou com um amigo para um bate papo na rua quando de repente vocês dois passam por um lugar que te leva para o passado? Comigo aconteceu neste domingo. Ao voltar da praia, passamos por lugares da nossa infância. As ruas, as escolas, as casas, o bairro e até, quem diria, o lugar onde a galera costumava comprar “sacolé”.

Nosso grupo, sempre enorme, umas 15 cabeças, sempre pegava as bicicletas e em disparada conquistava cada centímetro quadrado da nossa vizinhança. E no verão, nada melhor que fazer isso ao lado dos amigos e partir pra comprar os benditos sacolés. Foi então que eu resolvi fazer uma pequena pesquisa e descobri que existem outras versões de lugares diferentes como: geladinho, chupa-chupa, chup-chup, até brasinha. Sei que em alguns lugares eles ainda são vendidos e no orkut são mais de 100 comunidades a respeito. Separei aqui a comunidade do sacolé Chupa Neném, que com esse nome bizarro fez uma versão de caipirinha nos sabores limão, maracujá, coco e amendoim.

Pra quem continua boiando no assunto, sacolé são picolés que vem no saco. Muito simples e faz a alegria da criançada nos suburbios de algumas cidades, principalmente aquelas que possuem muitas casas e os moradores sabem até o dia que você deu primeiro beijo em alguém ou como cuidar dos filhos uns dos outros.

É, definitivamente o passado continua vivo na gente, embora a gente queira apagar. E já que o verão só volta no final do ano, eu continuo tomando só caipirinha mesmo por aí.

brasinha

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 207 outros seguidores