1 comentário

Um jeito diferente de dizer “Adeus” e “Obrigado”

Essa é do Twitter. Mas precisamente da nossa amiga Carol, que está sempre conectada nas últimas tendências de comportamento. Em seu Posterous, ela mandou um vídeo irado de um cara que se despediu e agradeceu pelo tempo em que viveu em Barcelona, assim como as pessoas que ele conheceu. Tudo isso neste formato visual. Dá uma olhada nesse vídeo só.

Valeu Carol! Uhu!

Postorous da Carol aqui e no nosso Movimentos Bacanas, a direita no painel.


Deixe um comentário

A evolução de uma sandália.

Você que é fissurado em redes sociais já deve ter visto alguma coisa sobre isso. Bom, aqui no Mov.E., nós fomos direto para o site do dito cujo: os novos tênis Havainas. Pô, galera. E nem é jabá, viu? A gente olhou, curtiu a parada e resolveu colocar a boca no mundo ou melhor, no estimado Mov.E.

O nome da nova coleção se chama Havaianas Soul Collection e além do visú irado dos sapatos, curta também o visú e a animação do site para o lançamento dessa nova linha.

Site aqui.


1 comentário

Animais feito gente

Olha que loucura o que andam fazendo com esses bichinhos. Segundo o site da BBC, a empresa Takkoda criou um calendário 2010 com bichos customizados como celebridades. E tem vários como você pode conferir na foto. Ozzy Osborne, Elvis Presley e até a Amy Winehouse. O Mov.E. já mostrou aqui um outro calendário muito bacana. Quem quiser relembrar o link é esse aqui.

cdocuments_and_settingslmeirelesigdesktopanimais_famosos_bbc


2 Comentários

Um festival de cores

001
Parece que na Índia e em outros país com população hindu, comemoraram recentemente o Holi: o Festival das Cores. Em inglês, The Festival of Colors. O Holi acontece no início da primavera e é a como se fosse a celebração do triunfo do bem sobre o mal, resumindo a complexa cultura hindu aqui. Mas o que mais me chamou a atenção foi a riqueza das cores e a alegria contagiante deste povo que este ano chegou ao mainstream através do filme “Quem quer ser um milionário?” e da novela “Caminho das Índias”. De repente, parece que o mundo colocou os  olhos na terra de Ghandi e encontrou muitas coisas interessantes para mostrar. Conheçam um pouco mais do festival e vejam as lindas fotos aqui. Aliás, o crédito delas pertence a Poras Chaudhary, que nasceu no norte da Índia na pequena cidade chamada Kurukshetra.

002

003

004

005

010

0091


1 comentário

Desenhos que ligam o mundo

3358380337_70feffc9c9_o

Criado, inicialmente no Flickr, pelo ilustrador de Seattle, Gabi Campanario, em novembro de 2007, o Urban Sketchers é uma rede de artistas ao redor do mundo que desenham os lugares onde vivem ou por onde estão viajando.

Aqui todo mundo desenha sobre o local onde está e coloca neste magnífico, agora blog. Mas, para fazer parte disso, você precisa receber, segundo eles mesmo, um convite do Flickr group deles. Paralelamente os desenhistas estão conectados via Google para discussões sobre os trabalhos. Gente, é tanto desenho lindo que eu acho que nesse forum, um deve ficar elogiando o outro, no lugar de discutir. Beleza é uma coisa que só dá pra admirar.

E você pensa que o Brasil ficou de fora? Nada disso. Tem brazuca no Urban Sketchers também. Procure no site o nome do Brasil que vai aparecer o desenho do pessoal de cá. São desenhos da Lapa, da Avenida Paulista, o metrô, do cotidiano e tudo mais.

Essa dica veio da mais nova amiga do Mov.E., a Mary Jo, do blog Nomadismo Celular. O blog dela se encontra no nosso blogroll.

Ah, e queremos agradecer ao pessoal da Pictura Pixel por mencionar o Movimento Espontâneo durante o carnaval. A Mary Jo também é colaboradora e aqui vai um muito obrigado de todos do Mov.E para ela e o Claudio Versiani.

Valeu Mary Jo! Valeu Claudio! Uhu!


1 comentário

Mi sofá, su sofá. E agora mais essa: Couchsurfing.

Meus caros, não tá rolando preguiça não. Tá rolando falta de organização com os horários para postar no Mov.E mesmo. Mas hoje eu não agüentei e resolvi dar um basta nessa bagunça. Afinal de contas, bagunça boa mesmo é com o meu amigo Filipe, do blog Bagunça Funcional.

Mas mundando de assunto, esse post era para estar aqui há um tempinho, mas como disse, faltou tempo e eu queria saber um pouco mais sobre o Couchfurfing. Hein?! Como?! Isso mesmo, meus queridos, Couchsurfing é a parada do momento. Ainda mais agora que quero muito viajar esse ano.

Fuçando na internet, e descobri também que já fizeram uma matéria na tv a cabo, soube que o Couchsurfing é uma nova proposta de viagens com base na internet. Vamos lá. Pessoas do mundo inteiro se conectam em um site se propondo a viajar (surfers) e outras se propondo a hospedá-las em seus sofás, ou melhor, suas casas. É uma maneira barata de conhecer lugares legais, ao mesmo tempo que rola uma troca educacional para aumentar a consciência de coletividade e tolerância entre as culturas. Tudo com o propósito de criar um mundo melhor. E nada mais legal do que fazer isso viajando.

Mas para o Couchsurfing dar certo, a prioridade, segundo eles, é a segurança. E estão certíssimos, não é verdade? Vai que rola de você ficar na casa de um psicopata ou encontrar um verdadeiro chiqueiro no lugar que deveria ser para dormir.

Aqui no Brasil temos o nosso representante, e você pode conhecer através deste site aqui.
E para vocês conheceram um pouco mais, separei aqui três vídeos: duas reportagens sobre o assunto e um que é como se fosse o anúncio do dito cujo. Espiem a vontade que aqui no Mov.E. a casa sempre foi sua também.


Deixe um comentário

04 de novembro, o dia em que o envolvimento valeu mais do que a eleição.

42-16387293

Desde 2006 tenho acompanhado algumas informações sobre as eleições americanas. Foi a campanha política mais longa e movimentada da história do país. Quem acompanha o Mov.E viu algumas das ações realizadas por ambos os candidatos durante todo este periodo.

Pois bem , o dia finalmente chegou e está batendo recorde de participação dos eleitores.

Para quem ainda tem alguma dúvida sobre o que está acontecendo nestas eleições, vale a pena assistir a este vídeo desenvolvido pelo New York Times .


Overview das eleições 2008

É de arrepiar. Você percebe como este momento está sendo diferente e novo, seja pelos candidatos – a primeira mulher, o primeiro negro e o cara mais velho a concorrer para presidente – ou pelo quanto as pessoas estão se envolvendo e colocando suas esperanças nesta eleição, coisa que não acontecia antes.

Eu tive a oportunidade de morar os Estados Unidos durante 8 meses, no ano de 2000, quando o Bush “ganhou” sua primeira eleição contra o Gore. Eu vi e vivi a falta de importância que, principalmente os jovens, davam a este assunto. Acho 90% dos meus amigos não foram votar, muito menos leram sobre os candidatos. Eles pensavam que os Estados Unidos era o centro do mundo e isso nunca ia mudar, não tinham idéia, nem a informação necessária, para saber o quanto o que acontece no país deles afeta o mundo. Os que votaram fizeram sua escolha baseada no pouco que a escola falou sobre o assunto, e adivinhem a favor de quem era….da mesmice….

Hoje conversando com estes mesmos amigos na internet sobre o momento atual, fico feliz em perceber que isso mudou. Hoje, depois de 8 anos, eles percebem que seu tão famoso patriotismo americano é vazio e que sim , faz diferença quem eles colocam no poder.

Como na paródia do vídeo da Bud, tive um amigo enviado para o Iraque, minha host sister sem possibilidade de entrar em uma boa faculdade após a quebra do negócio da família e, como morei em uma cidade da Louisiana pertinho de New Orleans, tive muitos conhecidos que foram afetados pelo Katrina.

Pensando nisso tudo e em diversas outras situações que vivi no país, fico feliz de ver as pessoas se movimentando e, principalmente, pensando. Não só em relação à polílica, mas em relação ao mundo em que vivem.

Um exemplo disso foi um vídeo de um projeto que a Luiza que trabalha comigo me indicou. Não sei se alguém já viu o Generation WE rolando ai pela net, mas vale a pena ver e rever. Mais uma vez , é de arrepiar.

Estou ansiosa pelo resultado de hoje à noite.
Posso estar sendo inocente, mas realmente acredito que seja hoje o início da mudança.