Movimento Espontâneo

#movimentoespontaneo


Deixe um comentário

Estamos com você, Rio.

Pode deixar, Rio. O Mov.E. tá na torcida e no movimento.


Deixe um comentário

Que tal usar o seu rosinha básico esse mês.

É, meu refinado leitor, mesmo depois de usar o seu rosinha básico, que tal conscientizar suas amigas, irmãs, primas, sobrinhas, colegas, avós, tias, mães, enfim, toda a mulherada, de que elas podem e devem fazer a mamografia gratuitamente. Agora é lei.

Nesse mês de outubro de 2011 o Mov.E. está novamente nessa causa, tanto é que sempre fazemos o nosso post rosa para simbolizar a nossa participação.

Meu caro, minha cara, principalmente você, precisa saber que câncer de mama mata muitas colegas por aí e esta ação da Femama visa chamar a atenção dos governantes e empresas privadas a investirem na saúde da mulher.

Não é brinquedo não, mas esse movimento está sacolejando todo o Brasil com diversos monumentos e cartões postais iluminados de rosa. Saca só as fotos aqui.



Deixe um comentário

Retrato da ignorância nas mídias sociais. A gente tem esperança e fé que isso um dia termine.

O lance todo aconteceu ontem no Facebook e está reverberando nervoso até agora. É um caso típico de preconceito que aconteceu com duas crianças na praia. E depois do episódio esdrúxulo, o seu pai, indignado e com razão, escreveu esta carta, que o Mov.E. faz questão de reproduzir aqui.

————————————————————————–

DO ÓDIO E DA IGNORÂNCIA: UM PAI DESTRUÍDO POR DENTRO

por Felipe Barcellos, quinta, 17 de fevereiro de 2011 às 02:12

Bom dia,

Nunca imaginei que tivesse que viver na pele a dor de um cidadão agredido com sua família em um dia de festa.

Contra socos nos defendemos, mas contra o cerceamento do direito de ir e vir de uma criança devido a sua aparência, fica a raiva guardada por ter que conter a violência para não aumentar o dano emocional sofrido por minha filha.

Eu só queria traze-la para casa, para que ela pudesse sentir-se segura novamente.

Escolhemos o quiosque Espaço OX, no Leme para comemorarmos o aniversário de 5 anos de minha filha mais nova, com amigos e familia, cerca de 20 pessoas. Reservamos e chegamos com as crianças as 19h00. Realizamos a comemoração comas minhas filhas, Lia e Dora, que durante todo o tempo brincaram nas dependências do quiosque as vistas dos funcionários.

Todos os convidados consumiram regiamente e pagaram suas despesas com tranquilidade.

Aos nos prepararmos para ir embora, as 22h30, a funcionária Loi impediu minhas filhas, Lia(9 anos) e a aniversariante Dora (5 anos) de entrarem no quiosque ao retornarem do banheiro.

O motivo: alegou que seriam crianças de rua, por serem negras e terem cabelos crespos. Para encurtar uma longa historia: minha filha mais velha, de apenas 9 anos, está em choque.

As alegações da funcionária não apenas são racistas e incidem em constrangimento ilegal e cerceamento do direito de ir e vir, como denotam a falta de atenção dedicada aos consumidores que frequentam o espaço. Vou entrar com medidas legais contra o estabelecimento e um processo por constrangimento ilegal, injuria, difamação e crime de racismo contra a funcionária.

Não queiram saber a dor de um pai ao vivenciar tais cenas em um dia de festa. A dor não vai embora quando fecho os olhos. Me vem a imagem de minha filha, minutos antes extasiada de alegria e em seguida chocada com uma realidade distorcida.

Estou sentindo muita dor. Uma dor que não vai embora.

A funcionária tinha a obrigação de observar quem estava na mesa mais numerosa do estabelecimento, estávamos minutos antes cantando parabéns e repartindo um bolo.

Impossível não ver a alegria que minhas filhas viviam em meio a amigos e família.

Loi estragou tudo com seu preconceito e despreparo para lidar com o publico. Precisa ser punida de forma exemplar.

Minha filha, uma crianca que é o que existe de mais valioso em minha vida, está DESTRUÍDA, achando-se culpada por não ter a aparência “certa” para poder ir e vir.

Espero que tal comportamento não seja uma norma do Grupo OX e da Orla Rio.

Esta carta está sendo copiada aos principais jornais do Brasil e publicações do segmento de turismo no Brasil e no exterior, em inglês.

Felipe Barcellos

Pai

————————————————————————

O link do Felipe no Facebook está aqui.


Deixe um comentário

Tirando os pés e principalmente a alma da lama.

É pessoal. A natureza tem dado lições de vida por todo o Brasil. Seja em Minas, na Região Serrana do Rio ou em Sampa. Tanto a água quanto a terra resolveram botar as asinhas de fora logo neste início de 2011. Todo mundo fala que já viu esse filme, mas agora chegou a hora de repetir outra película: a da solidariedade. E o Mov.E. está iniciando a sua parte colocando aqui as formas de como você pode ajudar. Não importa onde, o importante é ajudar o outro, o estranho, o diferente de você sem pensar em algo em troca. Mas já aviso aos querem receber alguma coisa pela ajuda: solidariedade faz bem a saúde, principalmente a da alma. É uma excelente troca ou não é? Bom, vamos lá.

Ajuda Região Sudeste aqui.


Deixe um comentário

É, lá se foram 30 anos hein.

Uma homenagem do Mov.E. ao cara que fazia questão de dar a paz uma chance.

Para saber mais sobre John Lennon aqui e aqui.


1 comentário

Correio Expresso para Céus Cariocas

O Mov.E. vem prestar total solidariedade para com o Rio de Janeiro. Afinal de contas, esta é a cidade mara. A cidade do sol, do verão, da boemia, da alegria, da solidariedade, da beleza natural e da hospitalidade. A nossa solidariedade é tanta que vamos exibir aqui até uma cartinha que escrevemos pro pai do Cristo Redentor.

——————————————————————————————

Correio Expresso para Céus Cariocas

De: Mov.E.

Para: Deus

“Senhor, sabemos que a fumaça subiu, a chapa esquentou e deixou muita gente sem enxergar um futuro pela frente. O seu filho tá aqui bem de perto, acompanhando tudo o que se passa, mas se até o Bope tá contando com as forças armadas, fortalece aqui também com Ele. Você, muito mais do que qualquer mortal, sem sombra de dúvida, sabe que a união faz a força, e que força. A nossa força aqui de baixo vai de Bope, Marinha, Exército, PM, dedos cruzados, mandinga, reza, Disque-Denúncia e, acima de tudo isso, fé. Muita fé de que esse momento seja o começo de uma nova história. Só pedimos para continuar olhando por nós. Pois esse futuro existe e ele é bom. Basta a gente fazer do presente um bom começo.

Bom Senhor, é isso. Tamu junto e misturado

Equipe Mov.E.”


Deixe um comentário

Por isso não ignore. É cor de rosa choque.

Pessoal, pessoal. Tá pensando que a gente esqueceu a importância desse mês? Nananinanã. Assim como no ano passado, o nosso post veio nesta cor incrível que é o rosa pra você se ligar que este é o mês de combate ao câncer de mama. Vamos lá! Falem pra suas irmãs, mães, avós, filhas, enfim, todas as mulheres da sua vida o quanto é importante fazer exames periódicos para se prevenir contra uma das doenças mais traiçoeiras com as mulheres que eu conheço. É sério. Sei bem o que estou falando. Outubro ainda não acabou e esse movimento está apenas começando. Bom, o Mov.E. já está fazendo a sua parte. Esperamos que você fique influenciado pelo rosa, assim como a gente.

Para saber mais sobre o Outubro Rosa, entra nesse link aqui.