Movimento Espontâneo

#movimentoespontaneo


Deixe um comentário

Olha que MovEmento bacana.

Tentamos evitar o trocadilho. Mas não deu…

Veja que legal isso aqui. Fica em Nikity e fica a dica.

Participe do mais novo Coral do Pontinho de Luz, o Chiquinha Gonzaga Choir.

Um grupo de pessoas dedicadas em levar atenção, carinho e bem-estar através da música.

Levaremos tudo isso para hospitais, asilos, orfanatos, teatros, ações beneficentes, nas ruas e todo lugar que necessitar de muito amor e luz.

Buscamos cantores de todos os tipos e principalmente quem nunca cantou. Para começar absolutamente do ZERO.

Topa o desafio?

Esperamos você para fazer parte do Pontinho de Luz, única ação social indicada ao Prêmio Nobel da Paz em 2018.
.
.
.
.
.
.
.
.
#amorrr #alegria #pontinhodeluzoficial
#solidariedade
#saúde
#vida
#amoraoproximo
#gratidão
#paz
#chiquinhagonzagachoir


Deixe um comentário

Um brinde a vida

12677267_1704235646527970_1903539822_n

Olá pessoal,

Quanto tempo, não é mesmo. Muita coisa aconteceu mas o Mov.E. está vivo. Mas vivo do que nunca. Desaparecer não significa, na verdade, morrer. A vida, para cada um de nós, tem um sentido completamente diferente na prática, mas a essência é sempre a mesma. Seja você um folião, um hermitão, uma comportada, uma contempladora, a busca e o aprendizado são o que importam em cada trajetória.

Este post é para isso também. Para fazer um brinde a vida e dizer, claro, que o Movimento Espontâneo está aqui com seus textos destilados, açucarados, as vezes ácidos também. O foco do blog permanece o mesmo: escrever pra você sem perder a essência que faz deste espaço único. E não importa o local em que o seu bloco esteja neste período momesco. Seja na rua, dentro de casa, no cinema, num bom livro, na praia.

Bom carnaval, bom 2016!


Deixe um comentário

Essa carne não é fraca não.

A casa Daleoni, na Augusta, foi o local da surpresa agradável presenciada por mim ao conhecer o trabalho da banda Bratislava.  E mais uma vez o meu órgão auditivo ganhou outros sentidos quando os primeiros acordes saíram dos teclados e guitarras de Vitor Meira e sua turma.

Que felicidade a minha. Um rock delícia de ouvir do início ao fim. Amparado, se é que pode dizer assim, por letras incrivelmente ousadas para ouvidos acostumados a uma sonoridade mais pop.

Mas o Bratislava vai mais além com seu som repleto de referências gringas e nacionais. Eu ouvi tanto o CD para tentar captar essas influências que ouso arriscar que tem pitadas de Mombojo (sem o sotaque pernambucano) com gotas razoáveis do velho Oasis, lembrada levemente pela rouquidão do seu vocalista.

O que dizer do seu último CD Carne? Que quem leva não irá se arrepender. De forma alguma. É uma surpresa atrás da outra e do início ao fim. E claro que, com um quê de quero mais ao término de Esperanza. Uma faixa destilada em guitarras distorcidas que emolduram seu biorritmo ora com rock ora com uma marcha.

Bom, gente. Eu estava lá. Sou suspeita. Sei disso. O jeito é você conferir as fotos, entrar no site dos caras, ver a agenda de shows e levar seu CD. Por que o meu não paro de ouvir.

Site do Bratislava, aqui.

IMG_20140826_213923 IMG_20140826_214030 IMG_20140826_214145 IMG_20140826_215058 IMG_20140826_215136

Arte do Daleoni

Arte do Daleoni


Deixe um comentário

Estaremos lá.

Todo mundo vai dançar. Você já sabe até do que estamos falando, não é? Isso mesmo. O lema que bate lá também bate aqui. “Thursday is the bomb”.

Vem curtir você também e conhecer de perto que faz o Mov.E.

Estaremos no Studio Lounge curtindo a Chris Brawn e o Dj Rods.

Beijo no Ombro em homenagem a Valesca

Imagem