Deixe um comentário

A luta continua!

Fala galera!

Este post não é apenas pra constar que também estamos na luta contra AIDs, que aliás continua a se espalhar e aumentando no público jovem que acha que caminha é o mesmo que chupar bala com papel.

Os dados estão aí e as vítimas também. Por incrível que pareça ainda não há CURA.

Mas voltando ao assunto, postamos no dia 02 para mostrar que essa luta é todo o dia. Hora a hora, minuto a minuto e por aí vai. E também queremos que você acompanhe o vídeo do RED.

Não sabe o que é RED? Então veja aqui.


1 comentário

1º de dezembro. Um dia para se informar e mudar a mente.

dia-mundial-da-luta-contra-a-aidsComo muitos sabe, hoje é o Dia Mundial de Luta contra a Aids. Fui pesquisar algumas informações básicas e descobri que o dia 1º de dezembro foi escolhido pela Assembléia Mundial de Saúde, em outubro de 1987, com o apoio das Organizações das Nações Unidas.

Nesta data, que veio para reforçar a solidariedade, a tolerâcia,  compaixão e a compreensão com as pessoas infectadas, eu vi muita notícia positiva. Finalmente. Fiquei sabendo que as chances de sobrevivência de crianças menores de 13 anos que vivem com a doença aumentaram desde o início da epidemia, nos anos 80. Mas li também que um dos maiores problemas de hoje ainda é o preconceito e a discriminação. Não vamos ficar aqui dando lições sobre a doença. Até porque você pode se informar no site do governo. O link está aqui: http://www.aids.gov.br/main.asp

Mas por que o laço vermelho como símbolo?

Li que o projeto do laço foi criando em 1991 pela Visual, grupo de profissionais de arte, de Nova York, que queria homenagear amigos e colegas mortos em decorrência da aids. E esse grupo tem como objetivos conscientizar as pessoas para a transmissão do vírus, divulgar as necessidades dos que vivem com o HIV/aids e angariar fundos para promover prestação de serviços e pesquisas. O adereço, além de lembrar o sangue com sua cor vermelha, foi inspirado no laço amarelo que honrava os soldados americanos da Guerra do Golfo. O símbolo foi usado publicamente, pela primeira vez, pelo ator Jeremy Irons, na cerimônia de entrega do prêmio Tony Awards, em 1991.